sábado, 24 de setembro de 2011

Jackson do Pandeiro - Arquivo N



Neste programa especial, é contada um pouco da história do maior ritmista brasileiro de todos os tempos, Jackson do Pandeiro,através de entrevistas e apresentações em vários programas da TV. O paraibano Jackson do Pandeiro foi o maior ritmista da história da música popular brasileira e, ao lado de Luiz Gonzaga, o responsável pela nacionalização de canções nascidas entre o povo nordestino.


Pelas cinco gravadoras que passou em 54 anos de carreira artística estão registrados sucessos como Meu enxoval, 17 na corrente, Coco do Norte, O velho gagá, Vou ter um troço, Sebastiana, O canto da Ema e Chiclete com Banana. A história da sua carreira artística reforça a herança da influência negra na música nordestina - via cocos originários de Alagoas - que lhe permitiram sempre com o auxílio luxuoso de um pandeiro na mão se adaptar aos sincopados sambas cariocas e à música de carnaval em geral. Dono de um recurso vocal único, ele conseguia dividir seus vocais como nenhum outro cantor na música popular brasileira. Seu maior mérito foi de ter levado toda riqueza dos cantadores de feira livre do Nordeste para o rádio e televisão, enfim para a indústria cultural. Grandes nomes da MPB lhe devotam admiração e já gravaram seus sucessos depois que o Tropicalismo decretou não ser pecado gostar do passado da música brasileira, principalmente, a de raiz nordestina. O intérprete de uma música brasileira feita para dançar criou um estilo único de cantar. Nascido em Alagoa Grande, Paraíba, 31/08/19, numa família de artistas populares. Sua mãe, Flora Mourão, era cantora e folclorista de Pastoril e o batizou como José Gomes Filho o apelidou de Jack pelo sua semelhança física com um ator norte-americano de filmes de western dos anos 30, Jack Perry.

Ficha Tecncia
Título Original: Jackson do Pandeiro - Arquivo N
Gênero: Documentário
Diretor: Rosa Magalhães
Tempo de Duração: 20 minutos
Ano de Lançamento: 2007
Origem: Brasil

Elenco
Jackson do Pandeiro
João Bosco
João do Vale
Dominguinhos
Carlos Malta
Gilberto Gil
Alceu Valença
Lenine

2 comentários:

  1. obrigado por postar essa maravilha

    ResponderExcluir
  2. Agradeço a visita malungo, seja bem vindo à quadrada. Abraços!

    ResponderExcluir