domingo, 19 de janeiro de 2014

Cia Cabelos de Maria - Cantos de Trabalho [2007]


Renata Mattar viajou por diversas localidades de diferentes regiões do Brasil buscando comunidades que ainda trabalhassem em mutirão e que utilizassem a música na lida. O espetáculo "Cantos de Trabalho" surge a partir das canções registradas em campo.

Musicalmente, os arranjos privilegiam o formato acústico, passeando por uma variada gama de estilos e ritmos regionais brasileiros. As vozes femininas vêm em primeiro plano, auxiliadas pelos cantos e contracantos do violão, da viola caipira e do violino. A percussão é feita com instrumentos convencionais e com os próprios objetos utilizados na lida.
Em dezembro de 2007 a Cia Cabelo de Maria lançou o CD “Cantos de Trabalho” pelo SESC São Paulo. Desde então, o álbum vem sendo o mais vendido daquele selo. O grupo já se apresentou em várias cidades, muitas vezes tendo a participação especial das destaladeiras de fumo de Arapiraca no palco, levando ao público a impressionante força e originalidade das suas vozes.


Ficha Técnica
Renata Mattar - sanfona e voz
Lucilene Silva - percussão e voz
Gustavo Finkler - violão e voz
Felipe Dias - violino
Paulo Pixu - percussão
Mateus Mapa - baixo e voz
Roberto Guluga - zabumba e vocal
Paulo Pixu - percussão e vocal ​​​

Fonte: Cia. Cabelo de Maria


Cia Cabelo de Maria - Cantos de Trabalho

01 Sindo, Lê, Lê
02 Semente de Mandioca
03 Leva Eu, Saudade
04 Coqueiro Verde
05 É no Balanço da Peneira
06 Pisa, Morena
07 Atirei no Sofrê
08 Tirana de Quadra e Meia
09 Pisa Pilão
10 Eu Vou Queimar Carvão
11 O Besouro É Preto, Ô Danado
12 Sou Lavrador
13 Capim da Lagoa
14 Ô Baina, Oi, Ai, Ai
15 Pega Teu Boi Morena
16 Iaiá, É Hoje
17 Silin de Amor
18 O Cabo da Vassoura Cai
19 Rema na Canoa
20 Quem Tem Maria

Disco >>> Download
Disco >>> Comprar

2 comentários:

  1. Gosto dessas canções de lida, é uma forma de ficarmos relembrando o que não podemos esquecer nunca. Mais uma vez o blog esta de parabéns! E o disco nem se fala, não é a toa que é um dos mais vendido do selo. Demais!

    ResponderExcluir
  2. Sinto falta de novas publicações

    ResponderExcluir